Juntar o rosa com o vermelho é uma daquelas combinações que levo até à infância. Lembram-se da Moranguinho? Oh well. É no mínimo interessante aperceber-me de onde vêm as minhas referências de estética e gosto. Por exemplo, desde muito pequena, apesar de já ser loira, sabia que queria, e seria, muito mais loira quando crescesse. Sabia também, que nunca seria uma loira Ralph Lauren style, mas que iria ter um carro descapotável e fazer longas rides todos os Domingos. Bem, este último ainda não se concretizou, sobretudo porque o descapotável era um Porsche. Com 35, também já imaginava que teria 2 filhos e iria a caminho do terceiro. Tantos sonhos e ideais que criamos enquanto crescemos e imaginamos para um futuro, tão distante, e, no entanto, a acontecer agora mesmo. Pois é, a nostalgia é inevitável quando se começa a aproximar o meu aniversário.

Camisola Pepe Jeans/ Culottes Topshop/ Casaco Asos
Botas Zara (2015) / Carteira Bandoulière Louis Vuitton

Photographer Diana Serpins/ Edit Hella